5 dicas para divulgar melhor o seu negócio e vender mais

Pode parecer óbvio, mas divulgar o negócio nem sempre aparece nas estratégias das pequenas empresas para vender mais. Principalmente em tempos de crise.

Isso pode acontecer devido a dois fatores principais:

1º Divulgações e investimentos anteriores não deram retorno;

2º Com menos clientes, investimento em publicidade tem que ser deixado para depois.

Como podemos perceber, o primeiro item leva ao segundo já que, "se uma vez eu investi e não obtive retorno, em temos de recessão, não voltarei a investir em publicidade". Esse tem sido um pensamento comum entre micro e pequenos empreendedores. E, infelizmente, tem os afastado de novos mercados e clientes.

A explicação para essa afirmação é bem simples: investimento mal planejado.

Assim como para abrir um negócio é preciso muito planejamento, esforços e estratégias, para divulgar o negócio é preciso o mesmo tato e cuidado. Afinal, dinheiro não dá em árvore e investir em marketing e publicidade é coisa séria e que pode gerar grandes resultados.

Então, sem mais delongas, vamos ao que interessa!

1 - O que você vende?

O primeiro passo é saber exatamente qual é o seu produto/ serviço. É muito comum encontrar empresas que simplesmente querem vender mais, mas sequer sabem qual seu produto é o 'carro chefe', ou no que é especialista. Saber no que se é bom e onde está o seu diferencial é essencial para saber o que divulgar. Por exemplo: uma padaria.

Uma padaria, normalmente, vende muito mais do que pão. Doces, salgados, condimentos e diversos itens de alimentação são comercializados. Porém, alguns podem ter margem de lucro maior, ou representar uma porcentagem maior no rendimento mensal, ou ainda ser um item especial e diferenciado no mercado. Por isso, cabe analisar a fundo o que é que você vende e o que deseja vender.

2 - Por quanto você vende?

Sabendo o que você vende e o que deseja vender, fica muito mais fácil precificar seu produto.

Obviamente, você não irá vender um produto que não lhe traga lucro. Mas talvez, alguns de seus produtos/ serviços possam ter uma margem de lucro ainda maior. Em outros casos, pode ser necessário diminuir sua margem. Não existe uma regra, por isso, sua análise sobre cada produto e serviço que comercializa é essencial. Pode ser uma tarefa árdua, mas é necessária.

Nesse caso, muitos fornecedores (principalmente de produtos pré-preparados ou que atendem concorrentes) podem lhe ajudar, já que possuem informações preciosas sobre preços praticados no mercado e normalmente estão dispostos a ajudar.

E o por que o preço é tão importante para a divulgação? A resposta é simples: mercado e público.

Seus clientes precisam ter condições financeiras adequadas para poder comprar seus produtos/serviços e o valor destes precisa estar em coerência com o praticado no mercado e com seus gastos de produção. Ou seja, não adianta divulgar que tem a melhor pizza da região se ninguém que mora ao redor da pizzaria pode comprá-la, certo?!

3- Em que lugar você vende? Essa questão é subsequente a anterior.

Quando mencionamos que não adianta apenas você divulgar que tem a melhor pizza da região é verdade. Você conhece bem a sua região? Sabe das necessidades e ativos (pontos positivos) do bairro onde sua empresa está? O seu estabelecimento é de fácil acesso? Clientes podem estacionar? O bairro é perigoso? Bem iluminado? A região abriga muitos concorrentes? Ou você é o único do seu ramo no meio de vários negócios que não tem nada a ver com o seu?

Essas são apenas algumas das perguntas que você pode fazer a si mesmo a respeito do local onde seu negócio está inserido. Responder essas questões vai te ajudar no modo como divulgar seu produto/serviço e é pré-requisito para o próximo item...

4 - Para quem você vende?

Se fosse dar uma ordem de importância aos itens, diria que esse é o mais importante.

Conhecer seu público-alvo, isto é, as pessoas que desejam e podem comprar seu produto/serviço é fundamental. Saber qual a idade média deles; à qual classe eles pertencem; se costumam fazer compras em dinheiro, a prazo ou no cartão; se vão até seu estabelecimento de carro ou a pé; se fazem compras para família ou para si próprios; os horários que fazem a compra; se fazem a compra na hora ou planejadamente; por quais tipos de entretenimento se interessam; hobbies e atividades quando não estão trabalhando; quais revistas leem, que programas assistem, quais sites visitam; e o que faz eles comprarem/ consumirem seu produto/serviço, a sua marca; etc.

Uffa...deu pra perceber que a lista de perguntas a serem feitas nesse item não tem fim, não é?! Mas não se preocupe. É mais fácil do que parece. A questão central é saber que tipo de pessoa (todas as características como status social, poder aquisitivo, idade, estado civil, atividades e rotinas, etc) compra seu produto/ serviço. E também aquele tipo que você deseja que se torne seu cliente.

Pense num arqueiro (sim, o profissional de arco e flecha). Ele pode ser o melhor do mundo, porém, se não tiver um alvo bem claro e definido, sua habilidade pode não lhe servir de nada. Por isso, conheça bem o seu público-alvo.

5 - Como você divulga o seu negócio?

Agora que você já passou pelas perguntas anteriores, esse passo será bem mais tranquilo.

Lembra quando citamos que alguns investimentos em publicidade não dão retorno? Pois é. Provavelmente foram mal planejados e direcionados.

Para exemplificar claramente, temos um jornal super conceituado aqui em Curitiba. Um anúncio pequeno, no rodapé do jornal, não sai por menos de 4 mil reais em um domingo (dia de maior circulação). O senso comum te leva a pensar que é serão 4 mil reais bem investidos, já que muita gente vai ler e o jornal é bem aceito pelo público. Porém, isso pode ser um grande equívoco. Dentre os seus clientes, quantos leem e buscam informações de compra nesse jornal? Já parou pra pensar nisso? E se nenhum dos seus clientes padrão for consumidor desse jornal? E se eles só leem a parte de esportes? O que não parecia tão óbvio se torna uma triste realidade: você acaba de perder 4 mil reais.

O grande segredo da publicidade é saber o que falar, a quem, na hora certa e da maneira correta. Talvez o melhor método de divulgar seu negócio seja através do jornal local, de flyers, panfletos, com promotoras nos semáforos ou com grandes outdoors espalhados pela cidade. Ou ainda através dos meios digitais como site, blogs, facebook, anúncios no Google, ou ainda um mix de tudo isso. Sem conhecer a realidade do seu negócio, não podemos afirmar qual é o melhor meio de divulgação. Mas podemos dizer com convicção que, caso faça um investimento mal planejado, perderá seu dinheiro.

Comunicação, marketing e publicidade tem que estar acompanhados de planejamento.

Após ler esses pontos, ainda nos resta o fator crise. Ele, de fato, atrapalha todos os setores da economia. Porém, lembre-se que seus concorrentes estão trabalhando e pensando na melhor forma de conseguir e reter novos clientes. Uma coisa é certa: investimento é necessário mesmo em tempos de crise.

Então, encontrar o seu público-alvo na hora certa, no lugar certo e ainda falar o que ele precisa ouvir pode ser o diferencial que vai lhe fazer vender mais e superar a crise.

Esperamos que gostem das nossas pequenas e resumidas dicas e que, além de levar conhecimento a vocês, elas lhes proporcionem resultados práticos, como melhor divulgação da sua marca e mais vendas.

E caso precisem de ajuda profissional para fazer todo esse trabalho de marketing e publicidade, é claro que a TNTrade Comunicação pode lhes ajudar. Seja com um simples cartão de visita, seja com um site complexo, o que importa para nós é o seu resultado. Invista no seu negócio. Invista em Comunicação.

#publicidade #investimentoempublicidade #superandoacrise #4ps #marketing #dicasdepublicidade #dicasdedivulgação #vendermais

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Categorias
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square

TNTrade Comunicação

websites • comunicação visual • publicidade • marketing

Curitiba / Paraná

2014 desenvolvido pela TNTrade

+55 41 99992-8692